A cela “5 estrelas” de Al Capone

A cela “5 estrelas” de Al Capone

A imagem acima é da cela de prisão de Al Capone na Penitenciária Leste do Estado da Filadélfia (Eastern State Penitentiary, ESP), Pensilvânia/EUA – hoje fechada. Foi nesta cela em que Capone passou nove meses de sua vida a partir de maio de 1929, depois de ser condenado inicialmente por porte ilegal de armas.

Em agosto 1929, uma edição do jornal Public Ledger apontou que Capone recebeu status especial na prisão, com direito a várias regalias e decoração luxuosa em sua cela, com ítens como tapete oriental e poltrona. Contudo, a administração da Penitenciária do Estado da Filadélfia (ESP) na época contestou esta alegação e inclusive afirmou que “acredite ou não, dos que estão em ESP, Capone era apenas mais um” e era considerado “detento exemplar” que trabalhou duro em suas tarefas prisionais e leu grande número de livros, incluindo uma biografia de Napoleão Bonaparte. Além disso, a posição oficial da ESP é de que as celas eram padronizadas e podiam ser decoradas e mobiladas pelos prisioneiros apenas com os poucos ítens de conforto que podiam ser obtidos na loja de prisão (Stripes Are the New Black?! uhahuahu).

Capone tentou escapar 6 vezes enquando estava na ESP, o que desafia a especulação de que que Capone tenha intencionalmente sido preso na Filadélfia a fim de despistar sua gangue do Massacre Dia dos Namorados, em Chicago, que ficou conhecido como do dia do assassinato de sete pessoas ocorrido em 14 de fevereiro de 1929, causado por um conflito entre duas poderosas quadrilhas rivais. Em relação a esta afirmação, Capone teria dito em um artigo de jornal em 1930: “Se eu quisesse ir para a cadeia, eu certamente não iria escolher uma na Pensilvânia. Eu teria ficado em uma onde fosse mais conveniente.” CENA FORTE ABAIXO:

tumblr_njryw19ilk1s57vgxo2_1280

Resultado do Massacre do Dia dos Namorados. Fonte

É importante frisar aqui que a Lei Seca (Volstead Act) em vigor entre 1922 e 1933 nos EUA (que, em matéria de lei, foi o maior fracasso por sinal) teve grande influência no enriquecimento e apoderamento ilícitos das máfias (em grande parte italianas, porém haviam máfias de outras nacionalidades como irlandesas, por exemplo) já que a proibição da produção, armazenamento e venda de bebidas alcoólicas se tornou uma grande oportunidade para esses grupos que ofertavam bebida àqueles que estivessem dispostos a comprar não importando a procedência. Assim, surgiram milhares de pequenas fábricas e bares clandestinos por todo o país. Vem daí a cena clichê dos filmes de mafiosos de pedir uma senha ao bater na porta de um bar suspeito hahaha.

436986

Foi também durante este período preso na ESP que Capone doou US $ 1.500 a um hospital infantil e às famílias de outros presos. Disse um oficial anônimo no momento “Através do capelão da prisão, ele enviou dinheiro para ajudar as famílias pobres de alguns detentos. Uma mulher com oito filhos que estava prestes a ser despejada de sua casa recebeu 200 dólares e ofereceu ao seu marido um trabalho! Este foi recusado com agradecimentos, ninguém sabendo exatamente que tipo de trabalho seria”. 

Não se sabe ao certo quais eram as motivações de Capone para fazer este tipo de ação beneficente mas alguns anos mais tarde, Capone seria visto por muitos como um “Robin Hood”. A começar pelo fato de ele próprio ter aberto uma casa de sopas durante a Grande Depressão, que ajudou a aumentar sua popularidade entre aqueles que alimentava e causar remorso naqueles que tentaram colocá-lo na prisão.

Al Capone's soup kitchen during the Great Depression, Chicago, 1931

Fila à porta da casa de sopa de Al Capone durante a Grande Depressão, em 1931. Fonte

Em 16 de março de 1930, Capone foi transferido para Graterford, de onde foi liberado um dia depois e em 17 de outubro de 1931 foi sentenciado por vários crimes (enriquecimento ilícito, assassinato, formação de quadrilha, sonegação de impostos e por aí vai) a 11 anos de prisão, R$50.000 em multa e R$30.000 em custos judiciais e foi transferido para a penitenciária de Atlanta, onde também manipulava o sistema como na Pensilvânia através de suborno dos guardas certas regalias como visitas frequentes, acesso a áreas restritas aos demais detentos, por exemplo.

Em 1934, sem aviso prévio, foi transferido por ordem judicial pelo chefe das Prisões Federais para Alcatraz, onde passou mais 4 anos e meio na Ilha do Diabo, o único lugar em que seu poder de manipulação foi reduzido ao extremo mas provavelmente não extinto.

al-capone

Ficha de Al Capone na prisão de Atlanta, 1932.

Ele morreu em liberdade em 25 de janeiro de 1947 em sua mansão em Palm Island por complicações de sífilis.

Agora pra rir, relaxar e curtir um pouco (prestem atenção à letra! Tem várias referências hehe):

COMENTÁRIOS

Desembuche aqui:

Share this:

About the Author

PaleoNerdMe chamo Denis e sou professor de História. Concluí minha Graduação em Licenciatura em História na Universidade Estadual Paulista – UNESP, Câmpus de Assis-SP em 2009. Em 2014 concluí minha Especialização em Educação, Arte e Multimeios pela Unicamp. Atuo na área desde 2010, ministrando aulas para o Ensino Fundamental, Ensino Médio, Cursos Pré-Vestibulares, assim como, palestras e oficinas para jovens e adultos.

View all posts by PaleoNerd

Leave a Reply