Os padres “safadénhos” da Igreja!

Os padres “safadénhos” da Igreja!

A Reforma Protestante é uma sequência de movimentos religiosos que marcou o período da Idade Moderna e foi muito importante para um processo de reconfiguração nas relações entre a religião e sociedade do Antigo Regime. Isto porque, a partir deste período, podemos notar a presença de novas interpretações acerca do monoteísmo cristão que se colocavam contra o papel da Igreja no ordenamento político e econômico desta época.

Mas, afinal, por que motivo houve essa REFORMA?

Imagem1

Gravura católica do século XVII que “denuncia” o “ataque” dos líderes da Reforma Protestante à Igreja…. Tadinhos, gente!!! 😛 FONTE

O período do século XVI ficou caracterizado por um momento de CRISE MORAL da Igreja Católica, o qual foi um fator fundamental para as Reformas Protestantes , impulsionado pela participação dos burgueses, que passavam a ocupar posição de destaque como participantes deste processo histórico, em função da ascensão comercial mercantilista que os aproximava das casas reais, governantes dos Estados Nacionais europeus.
Associados desde a Idade Média ao pecado da USURA (realização de empréstimos com juros cobrados pelo tempo durante o qual estes valores ficavam pendentes) os burgueses eram sempre apontados como Hereges e sofriam grande pressão social da Igreja Católica. Esta, por sua vez,não abria mão dos grandes lucros gerados pelo dízimo que estas pessoas pagavam. Algo que era também complementado pelo monopólio religioso sobre importantes documentos que marcavam a vida social deste período, como o batismo, casamentos e contratos.
ie-vs-mf

“O Banqueiro e sua esposa” (século XVI). Pintura à óleo sobre madeira, de Marinus Van Reymerswale, o qual era especializado em representar cenas que de banqueiros, agiotas , avarentos , e coletores de impostos . As cenas de gênero mostram o pecado da avareza e da vaidade das possessões terrenas que eram normalmente associada a estas pessoas. Além disso, estas pessoas eram acusadas de USURA, por cobrarem juros sobre empréstimos. FONTE: Web Art Gallery

Além disso,estilo de vida ostentador e pecaminoso dos membros do Alto clero (cardeais, bispos e padres) era contraposto à existência miserável e ignorante do pequenos padres das paróquias, que viviam sob privações e sem nenhuma forma de preparo intelectual para a realização de suas funções. Por fim, toda essa bagunça era coroada pela presença das INDULGÊNCIAS (documentos assinados em nome do Papa que conferiam o perdão para os pecados dos fiéis, em troca de pagamento) que eram vendidas por grupos de padres itinerantes, que viajavam por toda Europa “salvando” a alma destes crentes.
Papal indulgence, 1516. Presented to Lutheran Church Productions, producers of the Martin Luther film by German Lutherfilm, GmBH, in 1954. ELCA Archives image. http://www.elca.org/archives

Indulgência de 1516, assinada pelo Papa Leão X, que foi presenteada Papal indulgence, 1516. Este documento é parte do acervo da igreja Luterana, que afirma ter recebido de presente pela Produtora cinematográfica alemã “German Lutherfilm” em 1953, durante as gravações do filme Martinho Lutero.  FONTE: elca.org

Talvez o “vendedor de indulgências” mais conhecido da Era Moderna tenha sido o padre dominicano Tetzel que, sob ordens diretas do Papa, comercializava estes documentos com objetivo de arrecadar dinheiro para a finalização da suntuosa Basílica de São Pedro. Com isso, ele acabou arrumando uma baita briga com o monge e professor da Universidade de Wittenberg, Martinho Lutero.

Insatisfeito com todas esta práticas da Igreja, Lutero acabou “sentando a lenha” na falta de moral e ética entre os membros dessa religião, por meio de uma lista onde apontava 95 TESES da Igreja Católica com as quais discordava! Foi esta série de fatores que favoreceram a ocorrência das REFORMAS PROTESTANTES. Mas a continuação desse assunto, terá que ficar para outra hora!
Life_of_Martin_Luther

Gravura colorida de 1875 que apresenta Lutero queimando a bula papal que o excomungava. No entorno, são apresentados outros líderes religiosos dos movimentos da Reforma Protestanto. Jan Hus, Savonarola, Wycliffe, Cruciger, Melanchton, Bugenhagen, Gustav Adolf, & Bernhard, duke of Saxe-Weimar. FONTE: WIKIMEDIA

Um grande abraço
PALEONERD

COMENTÁRIOS

Desembuche aqui:

Share this:

About the Author

PaleoNerd

Me chamo Denis e sou professor de História. Concluí minha Graduação em Licenciatura em História na Universidade Estadual Paulista – UNESP, Câmpus de Assis-SP em 2009. Em 2014 concluí minha Especialização em Educação, Arte e Multimeios pela Unicamp. Atuo na área desde 2010, ministrando aulas para o Ensino Fundamental, Ensino Médio, Cursos Pré-Vestibulares, assim como, palestras e oficinas para jovens e adultos.

View all posts by PaleoNerd

Leave a Reply