“TÁ TUDO DOMINADO”: historiadores entram no mundo online!

“TÁ TUDO DOMINADO”: historiadores entram no mundo online!

Essa semana tivemos o Dia do Historiador, no dia 19 de agosto, e isso me fez lembrar o quanto estamos sempre acostumados a pensar que os historiadores nascem velhos e cheiram a mofo, por ficarem sempre enfurnados em antigas bibliotecas. Além disso, muitos também costumam acreditar que falar sobre história é algo muito chato e que não jeito nenhum de tornar este tema interessante.

Foi justamente com o propósito de DESCONSTRUIR essas ideias que eu criei o PALEONERD, como já falei no manifesto do site e no vídeo piloto do meu canal. Enquanto isso, eu comecei a pesquisar sobre formas que existem para acessar informações sobre História neste universo GIGAAANTE da internet. Inicialmente, eu só ficava atrás podcasts “gringos”, pois a grande maioria destes programas que encontramos NÃO SÃO FEITOS POR HISTORIADORES!!!!

Brasil, Rio de Janeiro, RJ. 28/05/2008. Vista interna da Biblioteca Nacional, localizada no centro do Rio de Janeiro. Cerca de quarenta mil livros que fazem parte do acervo da biblioteca não podem ser consultados. Não que sejam obras raras que mereçam ser poupadas do manuseio para evitar deterioração. Os volumes simplesmente não estão nas estantes e por isso não podem ser localizados porque não há mais espaço. As prateleiras esgotaram-se. A situação promete melhorar no fim do ano, quando a primeira etapa da Hemeroteca Nacional estará concluída. Hemeroteca é o nome que se dá ao arquivo de jornais, revistas e publicações em série. - Crédito:MARCOS D' PAULA/AGÊNCIA ESTADO/AE/Codigo imagem:22320

Brasil, Rio de Janeiro, RJ. 28/05/2008. Vista interna da Biblioteca Nacional, localizada no centro do Rio de Janeiro. Apesar de não ser PERFEITA, a Biblioteca Nacional é o maior acervo de obras do país…. E É LINDAAAAA – Crédito:MARCOS D’ PAULA/AGÊNCIA ESTADO/AE/Codigo imagem:22320 FONTE: LivroLeveSolto

MAS…. Acontece que encontrei coisas novas!!!!

Cada vez mais começo a encontrar outros historiadores que, assim como eu estão a realizar trabalhos on line, com a proposta de inovar completamente a forma como a História é entendida e debatida no nosso mundo do século XXI. E vocês não fazem ideia do tamanho da alegria que sinto ao começar a escrever este post, já que isso me faz ver que, em primeiro lugar, eu não sou um retardado que está tentando fazer algo impossível. Em segundo lugar, me faz sentir parte de um todo e lembrar que eu não estou sozinho neste processo!

Por este motivo, decidi criar posts destinados a falar um pouco sobre os podcasts que tenho encontrado pelas minhas “andanças” Online.

Sobre História

Para começar decidi falar sobre este trabalho, que é formado por uma é uma grande família de Historiadores, unidos pelo convívio na Universidade. Neste sentido, o podcast é resultado, na verdade de um projeto de mestrado realizado por Raone que, estabeleceu um projeto para seu mestrado, que se volta a estudar os Podcasts, assim como criar um podcast formado por Historiadores. O “host” deste projeto é o “Daniel, o velho” que procura direcionar os debates.

Os objetivos do podcast foram muito bem determinados já no primeiro episódio, quando Carlinha aponta a tentativa de entender como a História funciona na prática, uma vez que inserida no contexto da internet 2.0! BAITA IDEIA!!!

É legal que eles apontam o fato de que o Historiador, mesmo não trabalhando na sala de aula, continua com a atividade de trabalhar com o ensino de história por via não-formais e, com isso, jamais está desvinculado de sua profissão. A defesa de uma “didática específica da História” é algo com o qual concordo muito e faz parte constante do discurso dessa galera divertida que, além disso, consegue levar o debate sobre diversos assuntos e trazer muito dos debates que ocorrem dentro do meio acadêmico par uma linguagem interessante e agradável.

Logo desenvolvi um grande carinho por essa galera, por me remeter a este período da faculdade, durante o qual desenvolvi uma verdadeira família que, por sinal, encontro até hoje! Esta junto com a galera que compartilhou dos seus estudos e referências é algo fundamental para não ficarmos estagnados na nossa profissão e conhecimentos, INDEPENDENTE DE QUAL É SEU TRABALHO! Além disso, aponta o enorme valor dos espaços que existem nas Universidades, onde meras conversas de bar ou de corredor podem te trazer informações interessantes e render grandes amigos.

“A História não é verdade”

Essa galera demonstra que existem diversas maneira de entender e falar sobre História, assim como questionam o estereótipo construído sobre as pessoas que fazem história como “bichos-grilos doidões”. NÃO!!! Assim como em todo tipo de curso, vocês encontrarão pessoas com estilos pessoais e perspectivas políticas, sociais e culturais completamente diferentes. E ISSO é LINDO!

Sobre História é um belo debate que presta seus respeitos às poderosas referências bibliográficas que marcam a vida das pessoas que estudam história e que são ótimas indicações para qualquer pessoa. Por isso, ouçam!!!

Membros:

Daniel, o velho

Raone, o baby

Carlinha, a “faladora” (:P)

Fernanda, a “femininja”

Mari, a “doce professora”

Alícia, a viajante

Renata, a única graduanda em História.

COMENTÁRIOS

Desembuche aqui:

Share this:

About the Author

PaleoNerdMe chamo Denis e sou professor de História. Concluí minha Graduação em Licenciatura em História na Universidade Estadual Paulista – UNESP, Câmpus de Assis-SP em 2009. Em 2014 concluí minha Especialização em Educação, Arte e Multimeios pela Unicamp. Atuo na área desde 2010, ministrando aulas para o Ensino Fundamental, Ensino Médio, Cursos Pré-Vestibulares, assim como, palestras e oficinas para jovens e adultos.

View all posts by PaleoNerd

Leave a Reply