Esqueleto de 4.000 anos de uma criança Neolítica é encontrado na Escócia

Esqueleto de 4.000 anos de uma criança Neolítica é encontrado na Escócia

Por mais de 4.000 anos, os restos de uma criança estiveram enterrados numa praia escocesa até que uma tempestade recente revelou a cova improvisada. A criança – que se acredita ter idade de 10 anos de idade na época da morte, é datada do início do Neolítico – foi descoberta por acaso em Orkney, pela guia de turismo Carrie Brown, de 32 anos. Agora imagens surpreendentes da escavação a seguir mostram como o esqueleto foi quase perfeitamente preservado na areia.

Paleonerd_ Esqueleto criança neolítica_escavação 1

Esta imagem foi realizada durante as escavações, em que mostra o ótimo estado de conservação do esqueleto. Fonte

A criança teria sido enterrada em torno do mesmo tempo que as pirâmides eram construídas no Egito. Carrie Brown estava em um passeio com seu parceiro Ali Thorne, 34 anos e, avistaram o que acreditavam ser uma lápide, quando descobriram o esqueleto.

“A razão pela qual nós estávamos lá, foi em razão de uma pedra que vimos antes do Natal. Achamos que tratava-se de algum tipo de escrita rúnica e voltamos para ver de novo”, disse Brown. “Percebemos que, próximo à pedra da lápide, parecia haver 3 ou 4 costelas, que ficaram expostas na areia. Pensei que poderiam ser humanas. Então, em conversa com um arqueólogo local, ele nos disse prontamente que, realmente eram.”. O mistério permanece sobre como a criança morreu e se o esqueleto pertencia a um menino ou menina. Ela continuou: “Nós regularmente em caminhadas pela praia. Orkney é um ótimo lugar para a arqueologia – Eu sempre me interessei pela região. Eu sabia que não era a coisa certa a fazer para cavar ainda mais e eu certamente não estava à espera de encontrar restos humanos.”

Paleonerd_ Esqueleto criança neolítica_escavação

O espécime econtrado é datado do início do período Neolítico, por volta da mesma época em que as pirâmides egípcias foram construídas. Fonte

Brown fez a descoberta na última terça-feira e, quando o crânio foi descoberto pelo arqueólogo local,  a Historic Scotland foi chamada para avaliar a cena. Arqueólogos especialistas trabalharam no local por vários dias e na segunda-feira os restos mortais foram totalmente removidos para datação por carbono.
E Brown disse: “Eles me deram uma data aproximada de cerca de 3.000 a 4.000 anos de idade. Uma criança com idade entre 10 e 12 anos. Disseram também que há a possibilidade de haver mais esqueletos enterrados da mesma maneira na região.”.

Paleonerd_ Esqueleto criança neolítica_crânio

A descoberta é uma evidência de ocupação humana das remotas Ilhas Orkney, por volta de 4.000 a.C. Foi nessa época que grupos de caçadores-coletores assentaram-se na região e tornaram-se agricultores. Fonte

Os restos da criança parecem ser um dos mais importantes achados arqueológicos de Orkney. Em 1985, um fazendeiro local também havia encontrado uma coleção de ossos que se projetava a partir de um banco de areia exposto pela chuva. Vários anos mais tarde, durante as escavações no local, um barco Viking de aproximadamente 6,50m de comprimento foi descoberto ao lado dos restos humanos.
Itens, incluindo uma espada de ferro, uma aljava contendo oito setas, um pente de osso e um conjunto de 22 peças de jogo foram encontrados datam entre 875 dC e 950 dC.

A evidência de ocupação humana das ilhas Orkney remontam a um período por volta do quarto milênio a.C. A essa altura, caçadores-coletores do Mesolítico tinham gradualmente evoluindo para uma sociedade agrícola. Então grupos de agricultores migraram por toda a ilha de Pentland Firth de Caithness, na Escócia ocidental, até estabelecerem-se nas férteis ilhas do norte.

Paleonerd_ Esqueleto criança neolítica_mapa 2

Mapa da Escócia com destaque para as ilhas do Norte, Orkney, onde o espécime da criança neolítica foi encontrada. Fonte

COMENTÁRIOS

Desembuche aqui:

Share this:

About the Author

Bárbara Gascó

Olá, terráqueos!

Sou Bárbara Gascó, conhecida também como Barbrão por minha conhecida habilidade em várias esferas, tipo faz-tudo =) e esposa do Sr. Denis Gascó, PaleoNerd.

Sou Arquiteta e Urbanista e atuo na área desde 2012. Paralelamente, escrevo sobre Arquitetura+História e, como única representante do sexo feminino neste navio pirata, pautas acerca de questões sobre Feminismo e Igualdade de gêneros.

View all posts by Bárbara Gascó

Leave a Reply