Back to the source: o resgate das lutas medievais

Back to the source: o resgate das lutas medievais

Como você deve imaginar, as lutas de espadas como vemos nos filmes são bem diferentes da realidade da Idade Média já que, além dos inimigos não fazerem “pausas” para trocar insultos cuidadosamente formulados, a luta coreografada de Hollywood é muito mais “elegante” do que uma verdadeira luta, que costumava durar até a morte de um dos duelistas. Em relação às técnicas de lutas medievais, também já falamos neste post, sobre as Pelejas da Idade Média.

Em seu documentário recentemente lançado, o fotógrafo e cinegrafista inglês Cédric Hauteville mergulha no mundo das Artes Marciais Históricas Europeias (Historical European Martial Arts – HEMA), num profundo estudo que combina a investigação histórica e atlética da luta com espadas com a finalidade de recriar as técnicas das lutas medievais. O documentário de longa-metragem, agora disponível no YouTube, foi financiado por uma bem-sucedida campanha no Kickstarter no ano passado chamada “Back to the Source” (De volta à origem, em tradução livre).

tumblr_lyvnd3vitw1rofk3wo1_500_zps12b71b68

Imagem capturada do documentário de luta em andamento.

Assista ao documentário e você notará rapidamente a diferença entre a luta de espadas cinematográfica e a coisa toda, como era na real: o combate de espadas original era confuso e bruto, cujo objetivo era de fato acertar uma lâmina bem pesada no oponente sem se preocupar com a pose.

Um dos aspectos mais importantes do documentário reside justamente em desmistificar a ideia hollywoodiana que temos deste tipo de luta e de fato resgatar um patrimônio histórico cultural europeu e mais do que isso: difundir, por meio de aulas práticas nas unidades da HEMA, estas técnicas recentemente resgatadas.

Por meio deste projeto liderado por Cédric, tanto pesquisadores acadêmicos (historiadores) quanto atletas estudaram textos e ilustrações de centenas de anos para tentar descobrir como, exatamente, os europeus costumavam lutar.

882188_10200570091990229_132676357_o

Apresentação de um dos manuais das lutas com espadas medievais. Imagem extraída do documentário.

Pode até parecer simples mas até mesmo esses documentos históricos sobre as lutas de espadas apresentam lacunas e “pulam” etapas básicas que não são óbvias para os lutadores contemporâneos. Isto significa que os participantes do HEMA passaram por um longo processo de tentativa e erro para descobrir como os movimentos eram tão precisos e eficazes. E isso não tem nada de esgrima cinematográfica  – lembrando que o objetivo da luta era acertar o adversário com a lâmina tão rapidamente quanto possível e, ao mesmo tempo, evitar deixar-se ferir.

Para descontrair, um meme que encontrei durante a pesquisa sobre o tema, com uma das imagens dos documentos consultados durante o projeto:

OddjobQue me lembrou imediatamente do Kung Lao do Mortal Kombat hahaha
Hat_Throw

COMENTÁRIOS

Desembuche aqui:

Share this:

About the Author

Bárbara GascóOlá, terráqueos! Sou Bárbara Gascó, conhecida também como Barbrão por minha conhecida habilidade em várias esferas, tipo faz-tudo =) e esposa do Sr. Denis Gascó, PaleoNerd. Sou Arquiteta e Urbanista e atuo na área desde 2012. Paralelamente, escrevo sobre Arquitetura+História e, como única representante do sexo feminino neste navio pirata, pautas acerca de questões sobre Feminismo e Igualdade de gêneros.

View all posts by Bárbara Gascó

Leave a Reply