O Museu Egípcio de Barcelona

No início do ano, eu e a PaleoCHEFE fomos pra Barcelona  e visitamos uma pá de lugares legais. Lá eu procurei, como sempre, tirar várias fotos e começar a fazer uns vídeos. O foda é que eu achei que as gravações ficaram uma merda (haha) e deixei elas no HD, de lado. Acontece que vendo novamente as gravações percebi que, apesar da baixa qualidade, dava pra eu usar esse material pra treinar formas de edição de vídeo.

E foi assim que eu finalmente comecei a editar esse material engavetado! Infelizmente, perdi tudo o que eu tinha do Rio de Janeiro e de uma outra vez que fui à Bahia, na encantadora cidade de Trancoso.

Enfim, fica de olho, porque tem coisa nova pra sair por ai.

Um abraço.

_______________________________________________________________________________________

O Museu Egípcio de Barcelona é uma entidade privada sem fins lucrativos, fundada em 1992 pelo empresário, egiptólogo e presidente da cadeia de hotéis Derby Hotels Collection Jordi Clos Llombart com a missão de promover a difundir a arte e estudos arqueológicos que associados ao Antigo Egito. Fundado com capital privado, seu início se deu com a realização de uma exposição de 70 peças no Hotel Claris de Barcelona, a qual é reconhecida como a primeira exposição permanente de arte egípcia na cidade.

Ao perceber a grande aceitação e interesse do público, o empresário decidiu construir a sede do museu em 1994 na Avenida Cataluña (Rambla de Caraluña), onde passaram a expor 300 obras pretencentes principalmente a termáticas do mundo funerário e das crenças religiosas desta antiga civilização. Neste mesmo ano o instituto realizou, com a colaboração do Instituto Griffith da Universidade de Oxford,a esposição Tutankhamon, imagens de um tesouro sob o deserto egípcio (“Tutankhamon, imatges d’ un tresor sota el desert egipci”), que terminou por ser um grande sucesso com o público.

Durante o ano de 1998, o museu adquiriu uma múmia egípcia do período romano que foi rebatizada com o nome de “Dama de Kemet , com a utilização de técnicas da medicina forense, como a Tomografia Axial Computadorizada Helicoidal (TAC). Datada entre os séculos I e II d.C., este sarcófago abriga o corpo de uma mulher e é formado por várias camadas de linho, recobertas por uma massa de gesso branco e goma, numa técnica chamada ‘estuque’, e adornada com imagens e uma fina camada de folha de ouro, que cobre a peça toda.

Outro interessante estudo realizado pela instituição foi sobre uma pedra entalhada e pintada que fez parte da câmaral sepulcral de um tumba do Período Ptolomaico (304-30 a.C.).

Legenda: No centro do relevo se encontra a múmia do proprietário da tumba deitada sobre um leito funerário realizado a partir da figura de um leão. As deusas Isis e Neftis, de papel fundamental para a preparação da múmia, figuram com gesto de adoração à cabeça e aos pés do leito. O ‘ba’ (espírito) do defunto paira sobre a múmia, segurando o símbolo ‘shen’ (eternidade. Sob o leito foram reproduzidos os quatro vasos canopos, recipientes destinados a proteção das víceras do morto.

Com o crescimento da procura e a ampliação do acervo, no ano de 2000 as instalações precisaram ser levadas para um novo edifício, situado na rua Valencia, que conta com mais de dois mil metros quadrados para abrigar as 1100 peças e mais de 10.000 documentos que hoje são parte do acervo do museu. Neste mesmo ano foi criado o primeiro centro privado de ensino superior na área de toda Espanha, a Escola de Egiptologia, que oferece cursos de mestrado em história, língua e arqueologia do Antigo Egito.

Hoje o museu recebe mais de 300.000 visitantes ao ano e organiza, ao longo de 362 dia ao ano, expedições culturais, visitas guiadas e oficinas voltadas para crianças, jovens e adultos. Durante o verão a instituição organiza a visita “El Banquete Eterno”, que consiste numa visita guiada com ênfase na culinária desta antiga civilização, que termina com uma degustação no terraço do museu.

Finalização:

Se você gostou do vídeo, dá um ‘like’ e se você quiser saber mais sobre História e eventos dos quais participei, siga o blog Paleonerd.com.br e nossas redes sociais no Instagram, Twitter e Facebook.

Referências:

http://www.abc.es/hemeroteca/historico-23-04-2002/abc/Economia/el-empresario-y-egiptologo-jordi-clos-i-llombart-premio-juan-llado_94117.html

http://shop.museuegipci.com/en/productos/mi-querido-nilo-ayer-encontre-la-piramide-perdida/

http://www.esferalibros.com/libro/con-la-vida-en-los-talones/

http://www.heraldo.es/noticias/sociedad/el_rostro_las_momias.html

http://meiobit.com/328936/brasil-pesquisa-npd-82-por-cento-populacao-entre-13-59-anos-jogam-entre-pcs-consoles-mobile-e-portateis/

https://www.pesquisagamebrasil.com.br/pesquisagamebrasilgratis

Créditos

Voz: Denis Gascó

Edição: Denis Gascó

Trilha sonora: Maurício Fernandes – “Noventines”

COMENTÁRIOS

Desembuche aqui:

Share this:

About the Author

PaleoNerdMe chamo Denis e sou professor de História. Concluí minha Graduação em Licenciatura em História na Universidade Estadual Paulista – UNESP, Câmpus de Assis-SP em 2009. Em 2014 concluí minha Especialização em Educação, Arte e Multimeios pela Unicamp. Atuo na área desde 2010, ministrando aulas para o Ensino Fundamental, Ensino Médio, Cursos Pré-Vestibulares, assim como, palestras e oficinas para jovens e adultos.

View all posts by PaleoNerd

Leave a Reply